O treinamento do ator/performer e a “inquietude de si”

Cassiano Sydow Quilici

Resumo


Reflexão sobre treinamentos do ator/performer que não se apresentam apenas como um aprendizado técnico/artístico, mas que apostam numa problematização radical do sujeito (Antonin Artaud, Marina Abramovic). Comparo este tipo de proposição artística com concepções e práticas importantes da tradição filosófica e espiritual do Ocidente, tais como as noções de “inquietude de si” e do “ocupar-se de si”, estudadas por Michel Foucault. Essa aproximação permite novas abordagens dos treinamentos do ator, colocando questões sobre as possibilidades da arte como campo de transformações onto.

Palavras-chave


Treinamento; Performance; Teatro, “Cuidado de si”.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAMOVIC, Marina – 7 Easy Pieces , Milan, Charta, 2007.

ARTAUD, Antonin – História Vivida de Artaud Momo, Lisboa, Hiena, 1995.

FOUCAULT, Michel – La Hermenéutica del Sujeto, México, Fondo del Cultura, 2002.

VIRMAUX, Alain – Artaud e o Teatro, São Paulo, Perspectiva, 1978.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2176-9516

Fomento à pesquisa e apoio