A narrativa fílmica homoerótica enquanto elemento detonador de transformações socioculturais

Frederico Bustamante

Resumo


A comunicação pretende relacionar dois filmes de temática homoerótica masculina e feminina, ambos americanos e produzidos nos anos oitenta do século XX, e as repercussões sociais e culturais de cada um deles no momento em que foram exibidos. Além disso, pretende-se refletir sobre os desdobramentos da exibição dos filmes nos dias atuais, a partir do olhar de espectadores participantes de um cineclube de temática homossexual realizado na Universidade Federal de São João del-Rei em 2013. Os filmes escolhidos foram: “Making Love”, de 1982 e direção de Arthur Hiller, e o segundo “Desert Hearts”, de 1985 e direção de Donna Deitch. A partir de uma perspectiva historicista, serão observados o contexto sociocultural em que os filmes se inseriam quando foram produzidos, além das referências sobre a época em questão presentes na narrativa ficcional. A comunicação tem por objetivo propor uma discussão sobre as relações entre o cinema, a cultura e a sociedade e o papel daquele no sentido da transformação do pensamento normativo vigente em um determinado momento histórico em particular.

Palavras-chave


Cinema; Homoerotismo; Cineclube; Cultura; Sociedade.

Texto completo:

PDF

Referências


CASTAÑEDA, Marina. A experiência homossexual. SP: A girafa editora, 2007. GROTTO, V. Representações da sexualidade em produto cultural: Percepções e impressões de um filme. 2012. 160 f. (Dissertação de Mestrado). Universidade Estadual Paulista. Marília, 2012. Referências filmográficas. DEITCH, D.; TAYLOR, Cami. Desert Hearts. Filme. Produção de Dona Deitch e Cami Taylor, direção de Dona Deitch. Estados Unidos, Samuel Goldwyn Company, The, Desert Hearts Productions, 1985. 1 DVD, 96 min. color. son. FRIEDKIN, W; WEINTTRAUB, J. Parceiros da noite. Filme. Produção de Jerry Weinttraub, 1980, 1 DVD, 106 min. color. son.

HILLER, A. Fazendo amor. Filme. Produção da 20th Century Fox. Estados Unidos, 1982, 1. DVD, 113 min. color. son.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2176-9516

Fomento à pesquisa e apoio