Criação e memória – um olhar sobre a infância e o teatro infantil

Paula Borges, Claudio Cajaíba

Resumo


Esta comunicação pretende tecer algumas considerações acerca das noções
de infância subjacentes à produção de espetáculos para crianças, a partir da
experiência da autora na criação do infanto-juvenil “Miúda e o guarda-chuva”.
Compreendendo criação e memória como partes indissociáveis de uma
composição ficcional, a autora procura, a partir da sua experiência, estabelecer
possíveis conexões entre variadas noções sobre a infância no contexto da
produção teatral voltada para o público infantil.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAMOVICH, Fanny (Org.). O mito da infância feliz. São Paulo: Summus,

BACHELARD, Gaston. Os devaneios voltados para a infância. In: A poética

do devaneio. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

KRAMER, Sonia. Pesquisando Infância e Educação: um encontro com

Walter Benjamin. In: Infância: fios e desafios da pesquisa. Campinas, SP:

Papirus Editora, 1996.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2176-9516

Fomento à pesquisa e apoio