Almodóvar e Kahlo: Estéticas Constituintes para processos criativos

Nara Salles, Marcos Andruchak, Gilmar Santana, Rubén Figaredo, Wallace Freitas

Resumo


O projeto encontra-se em andamento, e sua principal característica é ser
altamente integrado, prevendo várias ações de pesquisa e extensão, inclusive
o desenvolvimento de uma pesquisa multilinguagem em arte contemporânea,
investigando e realizando uma análise pictórica das obras de Frida Kahlo e o
estudo estético poético das obras de Pedro Almodóvar. O projeto tem por
objetivo a construção de uma estética constituinte para processos criativos na
encenação, fundamentada na teoria de Antonin Artaud (1997), nas teorias do
teatro pós-dramático de Lehmann (2007), na noção de Processos
Colaborativos e nos estudos de Viewpoints, de Bogart (2005), enfocando uma
montagem cênica e desvendando os processos criativos colaborativos neste
contexto. A pesquisa pretende proporcionar um aprofundamento teórico prático
sob a óptica da arte contemporânea, das obras dos artistas apontados, assim
como no campo estético da poética do espetáculo; e técnico, na execução de
uma montagem cênica, evidenciando os processos criativos propostos para a
luz, cor, cenografia, figurino, coreografia enfocando as seguintes dimensões: 1
– interpretação teatral, atuação, trabalho corpóreo/vocal do ator/atriz; 2 – texto,
dramaturgia; 3 – música (sonoplastia); 4 – roupa (figurino); 5 – iluminação; e 6
– cenário.

Texto completo:

PDF

Referências


ARTAUD, Antonin. O Teatro e Seu Duplo. São Paulo: Max Limonad, 1987.

BOGART, Anne. The Viewpoints book. Theatre Comunications Group. New

York. 2005.

CAGE, John. Del lunes en un año. Era. México D. F. 1974.

LEHMANN, Hans-Thies Pós-Dramático. Ed. Cosac Naify. São Paulo. 2007.

TORNITORE, Tonino. Scambi di sensi: Preistoria delle sinestesie. Torino:

Centro Scientifico Torines s/d.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2176-9516

Fomento à pesquisa e apoio