A Princesa Turandot, de Vakhtângov

Adriane Gomes

Resumo


No teatro, o surgimento da figura do encenador e a busca por sistematizar
metodologias para a arte do ator tornam-se fatores determinantes nas experimentações
pedagógicas e poéticas, principalmente no início do século XX. Apesar de sua breve carreira
teatral, as encenações de Vakhtângov são de extrema riqueza para investigações a respeito
da arte teatral russa e mundial, suas experimentações foram evoluindo e delineando um
novo modo do fazer teatral. Este estudo busca apontar apropriações da commedia dell’arte
na encenação de A Princesa Turandot e descrever alguns dos meios que Vakhtângov
utilizou para a construção das cenas a partir do processo improvisacional do ator.

Texto completo:

PDF

Referências


BARBA, Eugênio SAVARESE, Nicola. A arte secreta do ator: Dicionário de Antropologia Teatral. Campinas: Editora da Unicamp, 1995.

CHEJOV, Mijail. La improvisación y el trabajo colectivo. 1997, p.35-41 Revista Máscara, México, D.F. Escenologia, nº21-22,p.35 – 14, Janeiro, 1997.

GORCHAKOV, Nikolai. Vajtangov: lecciones de regisseur; 2° ed. Buenos Aires: Domingo Cortizo, 1987.

MALCOVATI, Fausto. Stanislavskij: vita, opere e metodo. 4 ed. Roma: Laterza, 2004.

RIPELLINO, Angelo Maria. O truque e a alma. Tradução Roberta Barni. São Paulo: Perspectiva, 1996.

RUDNITSKY, Konstantin. Russian and Soviet Theatre: tradition and the Avant-garde. London: Thames& Hudson, 1988.

SAURA, Jorge (org.). E. Vajtángov: Teoria y práctica teatral. Madrid: Realizacion Gráfica: Carácter S.A., 1997.

SMIRNOVA. N. I. Evgeni. Bagrationovith Vakhtângov: Turandot – M.: Znaie, 1982-56C. – (Novoe V Jisni, Tekhnike. Sep,; n°11. Moscou. Tradução de Nair D’ Agostini para fins exclusivamente didáticos, p.01.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2176-9516

Apoio