Espaço teatral e transversalidade

Ramon Santana de Aguiar

Resumo


As manifestações cênicas, para além do suporte físico, se apropriam dos espaços –
lugares – também nos seus aspectos históricos, ideológicos, críticos, de memória, de inovação e tantos outros aspectos possíveis para a inventividade das Artes Cênicas. Como grupos, diretores e educadores fazem uso do espaço, determina a compreensão da obra estabelecendo vetores de transversalidade entre palco e plateia. Como estudo, o trabalho do Grupo Comunitário de Teatro São Gonçalo do Bação, objeto de pesquisa e o trabalho docente desenvolvido junto aos alunos do ensino médio no Colégio Técnico da Universidade Federal de Minas Gerais (COLTEC). Nessas experiências, o uso do espaço disponível para as apresentações cênicas tornou-se determinante para a criação e recepção das encenações.

Texto completo:

PDF

Referências


CERTEAU, M. A invenção do cotidiano – artes de fazer. Petrópolis: Vozes, 2002.

LIMA, E. Furquim Werneck. Espaço e teatro: do edifício teatral à cidade como palco. Rio de Janeiro: 7 Letras/ FAPERJ, 2008.

_____. Arquitetura do espetáculo. Rio de Janeiro: UFRJ, 2000.

PAVIS, P. Dicionário de teatro. São Paulo: Perspectiva, 2003.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2176-9516

Fomento à pesquisa e apoio