Representações e representatividade no teatro contemporâneo: reflexões sobre a presença e a ausência do corpo negro na cena

Conrado Dess

Resumo


O presente trabalho visa esmiuçar a primeira parte da pesquisa de mestrado “Representações e representatividade na cena contemporânea: possibilidades de uma trajetória em direção ao Outro”, cujo objetivo é investigar as possibilidades do conceito de representatividade como ferramenta de aproximação entre a cena teatral e a realidade social de comunidades específicas. O recorte apresentado neste artigo busca, a partir de um resgate da recente discussão envolvendo a questão da representatividade negra no espetáculo Entrevista com Stela do Patrocínio (2005), empreender uma reflexão sobre as especificidades da (não) representação do corpo negro na cena teatral brasileira contemporânea.

Palavras-chave


Representação. Representatividade. Negritude.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Sandra Regina Goulart. Prefácio – apresentando Spivak. In: SPIVAK, Gayatri Chakravorty. Pode o subalterno falar? Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010.

AMORIM, Paloma Franca. Peça é madura ao abrir diálogo em polêmica de apropriação cultural. Folha de S. Paulo, São Paulo. 30 jul. 2017. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2017/07/1905499-peca-e-madura-ao-abrir-dialogo-em-polemica-de-apropriacao-cultural.shtml. Acesso em: 21 jan. 2019.

AZEVEDO, José Fernando Peixoto. Eu, um crioulo. São Paulo: N-1 Edições, 2018.

BORGES, Rosane. Das perspectivas que inauguram novas visadas. In: HOOKS, bell. Olhares negros: raça e representação. São Paulo: Elefante, 2019.

CRISTINE, Danielle. Entrevista II. [mai. 2019]. Entrevistador: Conrado de Sousa Santos. São Paulo, 2019. 1 arquivo .mp3 (31:09 min.).

DIÉGUEZ, Ileana. Cenários liminares. Teatralidades, performances e política. Uberlândia: EDUFU, 2011.

ENTREVISTA com Stela do Patrocínio. Blog. Disponível em: https://entrevistacomstela.wordpress.com/. Acesso em: 20 dez. 2019.

FADEL, Georgette. Entrevista I. [mar. 2019]. Entrevistador: Conrado de Sousa Santos. São Paulo, 2019. 1 arquivo .mp3 (39:15 min.).

FANON, Frantz. Pele negra, máscaras brancas. Salvador: EDUFBA, 2008.

FERNANDES, Sílvia. Experiências do Real no Teatro. Sala Preta, v. 13, São Paulo, ECA-USP, 2013.

HOOKS, Bell. Olhares negros: raça e representação. São Paulo: Elefante, 2019.

MBEMBE, Achille. Crítica da razão negra. São Paulo: N-1 Edições, 2018.

PATROCÍNIO, Stela. Reino dos bichos e dos animais é o meu nome. Rio de Janeiro: Azougue Editorial, 2001.

PAVIS, Patrick. Uma redefinição do teatro político. Tradução de Mônica Gama. Sala Preta, v. 13, São Paulo, ECA-USP, 2013.

SÁNCHEZ, José A. Practicing the real on the contemporary stage. Bristol: Intellect, 2014.

SÁNCHEZ, José A. Ética y representación. Ciudad de México: Paso De Gato, 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2176-9516

Apoio