Identidades, identificações e afetos: sujeitos em espetacularidades sagracionais nas Folias do Divino Espírito Santo no Entorno Goiano do Distrito Federal

jorge das graças veloso

Resumo


RESUMO

 

Partindo dos pressupostos da Etnocenologia, trata-se este trabalho de uma reflexão sobre as noções de identidade, identificações e afetos perceptíveis nas relações estabelecidas pelos praticantes das Folias do Divino Espírito Santo, no Entorno Goiano do Distrito Federal. São esses os sujeitos de agenciamentos produzidos na contemporaneidade de um contexto em que sobressai muito da diversidade humana que permeia o tecido social do Brasil de hoje. Traduzem diversas das sinergias, paradoxos e contradições de nosso tempo, como, por exemplo, dentre muitos outros, os conflitos ideológicos, questões de gênero e étnicas, relações sagrado/profanas, arcaico/contemporâneo, urbano/rural, tradições antigas/novas tradições. Para conhecer esses sujeitos e seus desejos de identidade, este é um estudo realizado a partir de observações dos cortejos da Folia do Alagado, no meio rural do Novo Gama (GO). Foram realizadas ainda entrevistas livres com foliões, principalmente aqueles chamados “de obrigação”, durante o giro de 2019.

 

Palavras-chaves: Etnocenologia; Sujeito; identidade e identificações; Afetos.

 

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2176-9516

Apoio