O performer como dramaturgo no processo criativo

Melina Scialom

Resumo


Este trabalho visa discutir partes de um processo criativo onde o performer se torna dramaturgo da obra cênica. Para tal uso do conceito Dramaturgia do Performer criado por Melina Scialom e uso de exemplos de procedimentos realizados no espetáculo de dança Memórias. A Dramaturgia do Performer é uma pesquisa que surgiu a partir de uma inquietação sobre a possibilidade do ator e/ou bailarino (performer) ser o dramaturgo de seu próprio trabalho. Nesse contexto, os Estudos Coreológicos de Rudolf Laban e Valerie Preston-Dunlop são uma plataforma que permite o performer a agir de forma a se “pensar em movimento” e portanto realizar a dramaturgia de seu trabalho. A partir dessa premissa criamos um espetáculo onde os performers foram também os dramaturgos do trabalho. Assim, o processo de criação do trabalho aconteceu por meio de uma gama de procedimentos que geraram matrizes de movimento e estas foram sendo trabalhadas, aprimoradas e organizadas em estruturas dramatúrgicas. Estas por sua vez também foram experimentadas e re-elaboradas a partir do diálogo entre a experiência de cada um dos performers, resultando em um espetáculo onde a dramaturgia da obra foi resultante da experiência do corpo em movimento e de sua presença no ato criativo.


Palavras-chave


Dramaturgia do performer. Dramaturgia. Processo de criação. Estudos coreológicos.

Texto completo:

PDF

Referências


COHEN, Bonnie Bainbridge. Sensing, feeling, and action: the experiental anatomy of body-mind centering : the collected articles from Contact Quarterly dance journal 1980-2007 00. Northhampton, Mass.: Contact Editions, 2008.

LABAN, Rudolf Von. Choreutics. London: Macdonald & Evans, 1966.

LABAN, Rudolf Von. Domínio do movimento. Sao Paulo: Summus, 1978.

PRESTON-DUNLOP, Valerie. Dance is a language isn’t it? London: The Laban Centre for Movement and Dance, Univeristy of London, Goldsmith College, 1980.

PRESTON-DUNLOP, Valerie; SANCHEZ-COLBERG, Ana. Dance and the performative: a choreological perspective: laban and beyond. Alton, Hampshire: Dance Books, 2010.

SCIALOM, Melina. Laban plural: arte do movimento, pesquisa e genealogia da práxis de Rudolf Laban no Brasil. São Paulo, Brasil: Summus, 2017.

SCIALOM, Melina et al. A arte do movimento na prática como pesquisa. In: ANAIS DO X CONGRESSO DA ABRACE 2019, Natal, UFRN. Anais... Natal, UFRN: ABRACE, 2019. Disponível em: https://www.publionline.iar.unicamp.br/index.php/abrace/article/view/3913.

SCIALOM, Melina. Experimentando a Dramaturgia do Performer. Memória Abrace, [s. l.], v. 19, n. 1, p. 1–13, 2019.

SHEETS-JOHNSTONE, Maxine. The primacy of movement. Amsterdam; Philadelphia: John Benjamins Pub., 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2176-9516

Apoio