A pedagogia do prazer na formação de palhaço

Rafael Resende Marques da Silva

Resumo


O surgimento de escolas de circo com sua transmissão de técnicas e saberes permitiu o acesso aos conhecimentos desconhecidos e a sobrevivência dessas práticas formativas. Essa condição acabou estimulando o surgimento de práticas de ensino tanto no âmbito artístico quanto educacional formal e não formal de diferentes técnicas do circo. O doutorado desenvolvido na Universidade Paul Valéry na França trata do estudo teórico/prático da aprendizagem do jogo do palhaço. Uma metodologia na pesquisa foi a busca do prazer de estar em cena, de ensinar e de aprender dentro de um processo de formação de palhaço. Os espetáculos ‘A2’ e ‘Turning Point: Os Burrocratas’ da Cia da Bobagem criados em residências artísticas na Europa serviram para o experimento de práticas da pedagogia do prazer que foram transmitidas em diferentes espaços formativos em Bruxelas/ Europa e no Brasil.


Palavras-chave


Cia da bobagem. Formação. Palhaço. Pedagogia do prazer.

Texto completo:

PDF

Referências


BROCOLI THEATRE. Disponível em: http://brocolitheatre.wixsite.com/brocoli. Acesso em: 31 dez. 2019.

CIA DA BOBAGEM. Espetáculos A2 e Turning Point: os Burrocratas. Disponível em: http://ciadabobagem.blogspot.com.br. Acesso em: 31 dez. 2019.

CTL LA BARRICADE. Disponível em: http://www.ctl-labarricade.be. Acesso em: 31 dez. 2019.

JARA, Jesús. El Clown, un navegante de las emociones. Colección “Temas de Educación Artística”. Moron: Editora PROEXDRA – Asociación de Profesores por la Expresión Dramática em España, 2010.

JARA, Jesús. Disponível em: http://escueladepayasosloshijosdeaugusto.es. Acesso em: 31 dez. 2019.

SILVA, Ermínia. O circo: sua arte e seus saberes : o circo no Brasil do final do século XIX a meados do XX. Dissertação de mestrado. Campinas: UNICAMP, 1996.

SILVA, Rafael Resende Marques. L’art de la formation du clown : les méthodologies de Sue Morisson et Jesús Jara. Dissertação de Mestrado. Montpellier, 2011.

SILVA, Rafael Resende Marques. Developpement d’une pedagogie du jeu clownesque: un parcours entre bresil et europe. Tese de doutorado. 2018.

Disponível em: https://tel.archives-ouvertes.fr/tel-02165951/document. Acesso em: 31 dez. 2019.

SPOLIN, Viola. Improvisação para teatro. Tradução e revisão Ingrid Dormien Koudela e Eduardo José de Almeida Amos. São Paulo: Perspectiva, 2010.

ZIEGLER, J. apud RENEVEY, Mônica J. Escola para artista. In: O Correio da UNESCO in O Correio da UNESCO. Revista mensal. Rio de Janeiro, ano 16, nº. 3, março/1988.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2176-9516

Apoio