Dança, atenção e práticas meditativas

Karenine Oliveira Porpino

Resumo


Esta pesquisa tem como objetivos investigar os estudos sobre a atenção como referência para a compreensão e prática da dança, bem como organizar e discutir proposições para o ensino da dança com foco nas práticas de atenção. A investigação constitui-se um aprofundamento da proposição A dança como nicho poético do corpo, organizada em 2016, em especial ao foco dado na noção de atenção a si/atenção plena, no contexto das relações entre dança e práticas meditativas.  De abordagem fenomenológica, a investigação tem como referência metodológica a fenomenologia de Merleau-Ponty para interpretação de experiências de artistas, professores e discentes durante as ocasiões de encontro no Projeto de Extensão Tardes do Vazio e disciplinas do Curso de dança da UFRN. Os registros para interpretação se dão em forma de paisagens sonoras (áudios), visuais (vídeos e produções gestuais) e escritas (depoimentos e textos poéticos).  A pesquisa se justifica pela contribuição ao campo do ensino da dança e da formação do artista, apontando perspectivas para vivências do movimento, que possam problematizar as práticas de ensino da dança, bem como o diálogo entre elas e os saberes advindos de práticas orientais tais como Tai chi chuan, yoga e meditação, dentre outras.

Palavras-chave


Dança, Atenção, Práticas Meditativas, Corpo.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRIEU, B. A emersão do corpo vivo através da consciência: uma ecologização do corpo. Revista Holos, v. 5: 03-11, 2014a.

_______. Donner le vertige: les arts immersifs . Liber: Montreal, 2014.b

_______. No corpo de minha mãe: método emersivo/Dans le corps de ma mère : méthode émersive. Tradution Terezinha Petrúcia da Nóbrega. Natal: IFRN, 2015.

BICUDO, M. A. V. Fenomenologia: confrontos e avanços. São Paulo: Ed. Cortez, 2000.

CHAUÍ, M. Experiência do pensamento: ensaios sobre a obra de Merleau-Ponty. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

DA LIU. T’ai Chi Chuan e Meditação. São Paulo: Editora Pensamento, 2004.

LOUPPE, L. Poética da Dança Contemporânea. Lisboa: Orfeu Negro, 2012.

MERLEAU-PONTY, M. A prosa do mundo. Tradução Paulo Neves. São Paulo: Cosac & Naify, 2002.

________. Fenomenologia da percepção. Tradução de Carlos Alberto Ribeiro de Moura. São Paulo: M. Fontes, 1994.

________. O visível e o invisível. 3a d. José Artur Gianotti e Armando Mora d’Oliveira. São Paulo: Editora Perspectiva, 1999.

NÓBREGA, T. P. Dar-se em vertigem: uma filosofia do corpo e de suas sensações. Revista Holos, v. 5: 402-405, 2014.

________. Sentir a dança ou quando o corpo se põe a dançar... Natal: IFRN, 2015.

________. Uma Fenomenologia do Corpo. São Paulo: Livraria da Física, 2010.

PORPINO, K. P. Dança é educação: interfaces entre corporeidade e estética. Natal: EDUFRN, 2006.

________. Experiências do movimento e a formação do professor de dança. Revista Holos, v. 5: 44-53, 2014.

________. La danse comme niche poétique du corps. In: ANDRIEU, Bernard et NÓBREGA, Petrucia. (Org.). Au travers du vivant: Dans lésthesiologie, lémersiologie. 1ed.Paris: L´Harmattan, 2017, v. 1, p. 187-206.

SADE, C.; KASTRUP, V. Atenção a si: da auto-observação a autoprodução. Revista de Psicologia, maio-agosto: 16(2): 139-146, 2011.

RICKLEFS, R. E. A. A economia da natureza. 5ª. Ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003.

SHAFFER, M. A afinação do mundo: uma exploração pioneira pela história passada e pelo atual estado do mais negligenciado aspecto do nosso ambiente: a paisagem sonora. Tradução Maria Trench Fonterrada. 2 ed. São Paulo: Editora Unimep, 2011.

VARELA, F. Conhecer: as ciências cognitivas tendências e perspectivas. Instituto Piaget: Lisboa, s.d.

_______. Sobre a competência ética. Trad. Artur Mourão. Lisboa, Portugal: Edições 70, 1992.

_______. Prefácio de Francisco J. Garcia Varela. In: MATURANA, H,; VARELA, F. De máquinas e seres vivos: Autopoiese – a organização do vivo. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

VARELA, F.; THOMPSON; E., ROSCH, E. A mente incorporada: ciências cognitivas e experiência humana (1991). Tradução Maria Rita Secco Hofmeister. Porto Alegre: Artmed, 2003.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2176-9516

Fomento à pesquisa e apoio