A exposição "No Drama" e as ressonâncias do cubo branco

Vanessa Barrozo Teixeira - Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Resumo


Esta resenha analisa a exposição “No Drama” que acontece na Fundação Iberê Camargo em Porto Alegre/RS. A exposição apresenta ao público as diferentes facetas do artista Iberê Camargo e sua relação com outros âmbitos da arte, como teatro, cinema e literatura. Nesta análise é significativo destacar a influência que a concepção expositiva do cubo branco exerce sobre o discurso da exposição. Nesse sentido, a intenção deste trabalho é justamente problematizar esse modelo expositivo, levando em consideração suas potencialidades e dilemas no âmbito das exposições de arte.


Palavras-chave


Fundação Iberê Camargo; Expografia; Cubo branco.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24978/mod.v1i3.891

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 MODOS