O teatro simbolista de Antônio Patrício: um teatro do verbo

Simone Nacaguma

Resumo


Resumo: Este artigo se propõe a discutir a questão da existência, ou não, de um teatro simbolista a partir da análise da linguagem poética da obra dramática de António Patrício. A singularidade dos seus dramas assenta-se em uma tensão entre prosa e poesia que, longe de invalidar a existência de um teatro simbolista, constitui o pilar sobre o qual o teatro simbolista encontra uma possibilidade de sustentação, por meio de sua espetacularidade verbal.

Palavras-chave: teatro português; simbolismo; decadentismo; António Patrício.

Abstract: By an analysis of Antonio Patricio’s dramas and their language, this article intends to discuss the existence or not of symbolist drama in his playwriting. The uniqueness of his dramas is based in the tension between prose and poesy; this feature, instead of invalidating the existence of a symbolist drama, consists in one of the fundamental elements in which symbolism finds a sustenance possibility, by it's verbal spetacularity.

Keywords: portuguese drama; symbolism; decadent art; Antonio Patrício.


Texto completo:

PDF