A reflexividade discursiva em O Marinheiro, de Fernando Pessoa

Caio Gagliardi

Resumo


Resumo: Fernando Pessoa concebeu toda a sua obra como um imenso drama. Este trabalho procura identificar o lugar de O marinheiro, sua primeira e única peça concluída, na obra de seu autor, considerando principalmente sua reflexividade discursiva. Seu procedimento básico consiste na interpretação de trechos-chave do drama, através de sua abordagem intertextual com dados históricos, mitológicos e literários, tais como o Ultimatum, a utopia do Quinto Império e o poema “Mensagem”.

Palavras-chave: Fernando Pessoa; O marinheiro; análise e interpretação.

Abstract: Fernando Pessoa conceived all his work as an immense drama. The present paper attempts to identify the place of O Marinheiro, his first and unique play completed in the work of Fernando Pessoa, especially considering its discursive reflexivity. His basic procedure is the interpretation of key excerpts of drama, trough an intertextual approach to historical, mythological and literary data, such as Ultimatum, the utopia of the Quinto Império and the “Mensagem” poem.

Keywords: Fernando Pessoa; O marinheiro; analysis and interpretation.


Texto completo:

PDF