A presença de Luigi Pirandello e Jorge Andrade no moderno teatro brasileiro, ou como Décio de Almeida Prado os enxerga através da lente da formação

Berilo Luigi Deiró Nosella

Resumo


Resumo: O presente artigo configura-se como um exercício no intuito de pontuarmos algumas questões fundamentais do pensamento de Décio de Almeida Prado no que concerne à formação do teatro brasileiro moderno lançando um olhar para como Décio articulou, em sua atividade crítica, uma recepção à obra de Luigi Pirandello e Jorge Andrade em nossos palcos.

Palavras-chave: Décio de Almeida Prado; teatro brasileiro moderno; formação cultural moderna.

Texto completo:

PDF