Orestes entre o ontem e o hoje: propostas para a leitura do mito

Carlos Junior Gontijo Rosa

Resumo


Resumo: Este artigo tem por objetivo analisar a tragédia grega Orestes, escrita por Eurípides e representada nas Dionísias Urbanas de 408 a.C. A peça trata da purgação do assassinato de Clitemnestra pelo filho Orestes, com a ajuda da irmã Electra e do amigo Pílades. Neste trabalho, após breve introdução sobre a tragédia grega e sua possível leitura no século XXI, verticaliza-se a análise do protagonista, sua doença e a constituição do seu caráter. Buscamos mostrar que múltiplas facetas que podem ser atribuídas às obras antigas, sem incorrer em anacronismos ou interpretações que pouco corroborem para o entendimento da obra dramática.

Palavras-chave: tragédia grega; Orestes; personagem.


Texto completo:

PDF