A PROPOSTA É A TRAIÇÃO

Lucia Fernandes Lobato

Resumo


A autora aborda o fenômeno da anomia que caracteriza os tempos atuais, e observa a perplexidade do artista em busca de um pensar/fazer estético que supere a utopia moderna que já não consegue se sustentar. Ela identifica na dança as dificuldades de abandonar os antigos padrões e defende o argumento de que o dançarino precisa se perder nas traições do seu corpo, mergulhar na sensação de vertigem, como possibilidade de não se subordinar às representações e se tornar um elogio à diferença.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


(c) Conceição | Concept., Campinas (SP) - ISSN 2317-5737.