Nadir Afonso, biografia, bibliografia, obra

Antonio Quadros Ferreira

Resumo


Nadir Afonso, filho oriundo das terras de Barroso, nasce em Chaves no dia 4 de Dezembro de 1920. Os seus antepassados repartiam-se entre os concelhos de Boticas, Chaves e Montalegre. A mãe, Palmira Rodrigues Afonso (1891-1975), tinha ascendência em Chaves e Boticas, e o pai, Artur Maria Afonso (1882-1961), em Montalegre. Nadir Afonso esteve destinado a chamar-se Orlando. Mas, e em resultado de um encontro inesperado com um cigano, este sugere o nome de Nadir. Com efeito Nadir estava destinado a chamar-se Nadir. « – Muito Orlando será ele», advertiu o cigano. Assim, «Nadir Afonso (...) assinou com um nome ditado pelas estrelas», como escreveu Rui Mário Gonçalves, já que o nome Nadir tanto pode ter o significado de raro e auspicioso, como designar um ponto de referência astronómica.

Abstract Nadir Afonso, a son from the lands of Barroso, was born in Chaves on December 4, 1920. His ancestors were divided between the municipalities of Boticas, Chaves and Montalegre. His mother, Palmira Rodrigues Afonso (1891-1975), had ancestry in Chaves and Boticas, and his father, Artur Maria Afonso (1882-1961), in Montalegre. Nadir Afonso was destined to be called Orlando. But, as a result of an unexpected encounter with a gypsy, this suggests the name of Nadir. Indeed Nadir was destined to be called Nadir. "A lot of Orlando will be him," warned the gypsy. Thus "Nadir Afonso ... signed with a name dictated by the stars," as Rui Mário Gonçalves wrote, since the name Nadir may have both the meaning of rare and auspicious, and an astronomical reference point.  Resumen  Nadir Afonso, hijo oriundo de las tierras de Barroso, nace en Chaves el 4 de diciembre de 1920. Sus antepasados se repartieron entre los municipios de Boticas, Chaves y Montalegre. La madre, Palmira Rodrigues Afonso (1891-1975), tenía ascendencia en Chaves y Boticas, y el padre, Artur Maria Afonso (1882-1961), en Montalegre. Nadir Afonso estuvo destinado a llamarse Orlando. Pero, y como resultado de un encuentro inesperado con un gitano, éste sugiere el nombre de Nadir. En efecto Nadir estaba destinado a llamarse Nadir. "Muy Orlando será él", advirtió el gitano. "Nadir Afonso (...) firmó con un nombre dictado por las estrellas", como escribió Rui Mário Gonçalves, ya que el nombre Nadir tanto puede tener el significado de raro y auspicioso, como designar un punto de referencia astronómica.

Palavras-chave


Artes Visuais; Pintura; Arquitetura; Nadir Afonso; Biografia

Texto completo:

PDF

Referências


AFONSO, Nadir. La Sensibilité Plastique, Presses du Temps Présent, Paris, 1958. AFONSO, Nadir. Les Mécanismes de La Création Artistique, Editions du Griffon, Neuchâtel, 1970.

AFONSO, Nadir. Aesthetic Synthesis, Edições Alvarez e Selected Artists Galleries, Nova Iorque, 1974. AFONSO, Nadir. Espacillimié (Catálogo de exposição), Galeria Dois-Alvarez, Porto, 1979.

AFONSO, Nadir. Le Sens de l’Art, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, Lisboa, 1983. AFONSO, Nadir; SEGADE, J. M. Gómez; LEAL, José Garcia, GUEDES, Fernando. Nadir Afonso, Universidad de Granada, Granada, 1985.

AFONSO, Nadir; AFONSO, Laura. Da Vida à Obra de Nadir Afonso, Bertrand Editora, Lisboa, 1990. AFONSO, Nadir; GAÜZES, Michel. Nadir Afonso, Bial, Porto, 1994. AFONSO, Nadir. Nadir Afonso (monografia), Livros Horizonte, Lisboa, 1998. AFONSO, Nadir. O Sentido da Arte [1983], (Tradução de Albertina Caco), Livros Horizonte, Lisboa, 1999.

AFONSO, Nadir. Universo e Pensamento, Livros Horizonte, Lisboa, 2000.

AFONSO, Nadir. «A propósito de Nadir Afonso», Expresso, Lisboa (12/05/2001). AFONSO, Nadir. Sobre a Vida e sobre a Obra de Van Gogh, Chaves Ferreira Publicações, Lisboa, 2002. AFONSO, Nadir. Da Intuição Artística ao Raciocínio Estético, Chaves Ferreira Publicações, 2003.

AFONSO, Nadir; SEGADE, J. M. Gómez. O Fascínio das Cidades (tradução de Fernão de Magalhães Gonçalves), Câmara Municipal de Cascais, Cascais, 2003. AFONSO, Nadir. As Artes: Erradas Crenças e Falsas Críticas / The arts : erroneous beliefs and false criticisms (tradução Alexandra Andresen Leitão), Chaves Ferreira Publicações e Fundação Nadir Afonso, Lisboa, 2005 (ed. bilingue: português e inglês). AFONSO, Nadir. «Futuro», Futuro (Catálogo da exposição), Jornal de Notícias, Porto, 2007.

AFONSO, Nadir. «Depoimento de Nadir Afonso», Revista Povos e Culturas, nº 12, Centro de Estudos dos Povos e Cultura de Expressão Portuguesa, Universidade Católica Portuguesa, Lisboa, Maio 2008.

AFONSO, Nadir. Nadir Face a Face com Einstein/ Nadir Face to Face with Einstein (trad. Alexandra Andresen Leitão), Chaves Ferreira Publicações e Fundação Nadir Afonso, Lisboa, 2008 (ed. bilingue: português e inglês).

AFONSO, Nadir. Obra Gravada, Edições Coelho Dias, Lisboa, 1999.

AFONSO, Nadir. Manifesto: O tempo não existe, Dinalivro, Lisboa, 2010.

AFONSO, Nadir. A Matemática essência da Arte, a editar.




DOI: https://doi.org/10.20396/rv.v4i7.4171

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista Visuais



 
A Revista Visuais está licenciada com a Creative Commons. 

Rev. Visuais, Campinas, SP - ISSN - 2447-1313.