A dança da unidade na diversidade segundo Helenita Sá Earp

André Meyer

Resumo


Esta pesquisa objetiva investigar as influências do pensamento de Huberto Rodhen nos Fundamentos da Dança de Helenita Sá Earp. Característica marcante do pensamento de Rohden é o estudo comparado das religiões e filosofias do Ocidente e Oriente. A partir do contato com Rodhen, Helenita Sá Earp formulou quatro princípios: 1)Princípio da Unidade na Diversidade - onde toda manisfestação é uma particularização do infinito. Particularidades que em si mesmas estão permeadas pela presença da fonte infinita da qual emanam, onde todos os múltiplos aparecem, flutuam e desaparecem; 2)Princípio do Rítmo - da unidade surge a multiplicidade como movimento que se manifesta em bipolaridades complementares que estabelece uma distribuição, um Ritmo; 3)Princípio do Ser-Criador - o ser humano, quando se abre para o seu ilimitado Eu, deixa de ser determinado pelo seu ego condicionado e se torna mais consciente e mais capaz para expressar de modo pleno suas potencialidades criativas e 4)Princípio da Corporeidade - os aspectos físicos, mentais e emocionais são campos que velam e revelam o Ser. Segundo Helenita, a dança é inerente a todos numa religação constante do ser humano com o universo, porque o todo está sempre na parte como princípio vivificante e originador. E a parte está sempre no Todo como uma parcela de expressão da totalidade, o que liga a concepção de dança de Earp ao monismo.

Palavras-chave


Fundamentos da Dança; Religiões e Filosofias Comparadas do Ocidente e Oriente; Monismo.

Texto completo:

PDF

Referências


DUARTE, Roberto. Bhagavad Gita: Canção do Divino Mestre. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

EARP, Helenita Sá. Fundamentos Filosóficos, Científicos, Artísticos e Educacionais da Dança, Rio de Janeiro, manuscrito, sem data definida.

EARP, Ricardo de Sá. Aspectos Comuns da Matemática, da Metafísica e das Artes. Revista Unimar, Universidade Estadual de Maringá, n.º 14, v. 1, p.75-93, 1992.

FERREIRA, Agripina Encarnación Alvarez. Dicionário de Imagens, Simbolos, Mitos, Termos e Conceitos Bachelardianos. Londrina: Eduel, 2008.

GARCIA, Elena, et all. Dança e Ciência: uma reflexão preliminar acerca de seus princípios filosóficos. Boletim Interfaces da Psicologia da UFRuralRJ, p. 63-69. 2010. Disponível em: < http://www.ufrrj.br/seminariopsi/2009/boletim2009-1/garcia.pdf > Acessado em: 02/06/2011.

GIGLIO, J; GIGLIO, Z. Os caminhos da Espiritualidade no Processo de Individuação. In: Cadernos Junguianos, n. 2 , p. 149 -164, 2006.

RODHEN, Huberto.O Homem. São Paulo: Martin Claret, 2007.

__________.Educação do Homen Integral. São Paulo: Martin Claret, 2009.

__________.Roteiro Cósmico, São Paulo: Alvorada. Sem data definida.

__________.Baghavad Gita. São Paulo: Martin Claret, 2010.

__________.Tao Te King. São Paulo: Alvorada, 1987.

TILLICH, Paul. A Coragem de Ser. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1972.

VIVEKANADA, Swami. O que é religião: Lotus do Saber, 2004.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2176-9516

Fomento à pesquisa e apoio