Kahlo em mim Eu e(m) Kahlo: Experimento cênico de um corpo diferenciado

Felipe Henrique Monteiro Oliveira, Nara Salles

Resumo


Este artigo esta pautado na pesquisa desenvolvida para a elaboração de
dissertação de mestrado, no Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas
da UFRN, sob orientação da Profa. Dra. Nara Salles e tem como objetivo
discutir questões relacionadas aos artistas com corpos diferenciados nos
processos de criação cênica. O texto também salienta o fato de que esses
indivíduos com corpos diferenciados que eram postos à margem dos processos
e produtos artísticos ganham espaço na arte contemporânea, pois artistas de
diferentes linguagens cênicas percebem que estes sujeitos, mesmo sendo
diferenciados, podem e devem experimentar o que é dado como possibilidade
a qualquer corpo: fazer arte. Neste viés, descrevo o processo criativo da
performance Kahlo em mim Eu e(m) Kahlo, como experimento cênico que
discute a criação de mecanismos sociais e culturais que permitem a
instauração de estigmas nas pessoas com corpos diferenciados, além de
propor um diálogo entre as dores da artista plástica mexicana Frida Kahlo em
seu corpo, também diferenciado, em relação ao meu próprio corpo.

Palavras-chave


Corpos diferenciados; Teatro Contemporâneo; Estigma; Frida Kahlo.

Texto completo:

PDF

Referências


ARTAUD, Antonin. O teatro e seu duplo. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

COHEN, Renato. Performance como Linguagem. São Paulo: Perspectiva,

FUENTES, Carlos; Kahlo, Frida. El Diario de Frida Kahlo: Un íntimo

autorretrato. Ciudad del México: La Vaca Independiente, 2010.

GLUSBERG, Jorge. A Arte da Performance. São Paulo: Perspectiva, 2003.

GOFFMAN, Erving. Estigma: notas sobre a manipulação da identidade

deteriorada. Rio de Janeiro: Zahar, 1975.

HERRERA, Hayden. Frida: a biografia. São Paulo: Globo, 2011.

LEHMANN, Hans-Thies. Teatro pós-dramático. São Paulo: Cosac Naify,

SALLES, Nara. Antonin Artaud: O Corpo sem Órgãos. O Percevejo Online.

Rio de Janeiro: v. 02, n. 01, jan/jun. 2010.

________. Sentidos: Processos Criativos a Partir da Poética de Antonin

Artaud. Salvador: Tese de Doutorado, PPGAC/UFBA. 2004.

THOMSON, Rosemarie Garland. Freakery: cultural spetacles of the

extraordinary body. New York: New York University Press, 1996.

TONEZZI, José. O Teatro das disfunções, ou, A Cena contaminada. Rio de

Janeiro: Tese de Doutorado, PPGT/UNIRIO. 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2176-9516

Fomento à pesquisa e apoio