ENSINO DE DANÇA E CRIAÇÃO ARTÍSTICA EM PROJETOS SOCIAIS: o caso do Quik Cidadania

Ana Clara Buratto, Gilberto Damiano

Resumo


Esta investigação surge do interesse pelo diálogo entre dança, educação e
criação artística, especialmente pelo trabalho do projeto Quik Cidadania,
desenvolvido pela Quik Cia de Dança, em Nova Lima-MG. Anualmente, o
projeto realiza um espetáculo desenvolvido coletivamente. Nesse cenário, o
objetivo da pesquisa consiste em investigar como se dão as relações entre o
ensino de dança e criação artística, considerando as tensões existentes entre
as características educativas e sociais daquele contexto e as concepções
artísticas presentes no mesmo. Para tanto, foi acompanhado o processo de
criação do espetáculo “De Lírios, Memórias e Quintais”, em 2012. A
metodologia, de cunho qualitativo, é um estudo de caso. Considera-se que o
processo educativo observado relaciona-se diretamente às concepções
artísticas do proponente do projeto. Fica clara a existência de tensões entre
aspectos educacionais e artísticos, determinadas por uma proposta que leva
em consideração a diversidade e abriga alunos com conhecimentos diferentes
em dança, de idade e perfis variados. Cabe destacar a utilização de
mecanismos democráticos para a criação artística, que buscam valorizar os
participantes sem descuidar de um resultado estético de qualidade, dentro da
realidade possível.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo de. Estudo de caso em pesquisa e avaliação

educacional. Brasília: Líber Livro Editora, 2005.

BARROS, Manoel. Poesia Completa. São Paulo: Leya, 2010.

MARQUES, Isabel A. Ensino de dança hoje: textos e contextos. 2ª edição. São Paulo : Cortez, 2001.

OSTROWER, Fayga. Criatividade e Processos de criação. Petrópolis: Vozes,


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2176-9516

Fomento à pesquisa e apoio