A Busca por Narradores no Cotidiano: uma Experiência

Sandra Urizzi Lessa

Resumo


Ouvir histórias de vida pode ser um modo de investigar qualidades do
tradicional e do contemporâneo? Esta é a pergunta que gera impulsos para
uma pesquisa teórico-prática que tem como principal referência a obra de
Walter Benjamin, cujo tema da narratividade possui um denso espaço. Ele
atribui ao ato de narrar a capacidade de gerar uma profunda experiência
humana possível de dilatar a relação com o tempo e o espaço. Por meio de
uma relação viva com o passado podemos atualizar a memória ao trazê-la para
o presente e refletir sobre tradição, experiência e narração. Por outro lado, nas
artes contemporâneas podemos encontrar uma busca por qualidades que
possam gerar uma dilatação no momento presente e que integrem os
elementos que compõem tal momento, muitas vezes fazendo das situações
inesperadas sua maior riqueza. Intervir no cotidiano buscando modos para
ouvir o outro tem sido um caminho trilhado nos últimos anos desta pesquisa;
onde também se acaba criando uma fricção com a afirmação de Benjamin de
que a narração está em via de extinção. Um desafio que tece memórias
compondo uma coleção de histórias de vida de pessoas que até então eram
minhas desconhecidas. Se o tempo da sociedade atual não beneficia
experiências profundas, torna-se um desafio encontrar modos no cotidiano
para ouvir, conhecer e reconhecer histórias, atentando para o momento
presente com as possíveis latências.

Texto completo:

PDF

Referências


BENJAMIN, Walter. O Narrador – Considerações sobre a obra de Nikolai

Leskov. In: Obras Escolhidas: Magia, Técnica, Arte e Política. São Paulo:

Brasiliense, 2008.

____________. Experiência e pobreza. In: Obras escolhidas – I. Trad. Sérgio Paulo Rouanet. 3. ed. São Paulo: Brasiliense, 1987.

_____________. Imagens de Pensamento. Rua de mão única. Trad. Rubens Rodrigues Torres Filho e José Carlos Barbosa, São Paulo: Brasiliense, 1997.

_____________. “A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica”.

In: Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. 7ª ed. 10 reimpressão. São Paulo: Brasiliense, 1996.

GAGNEBIN, Jeanne-Marie. História e narração em W. Benjamin. Campinas, SP: São Paulo: Perspectiva / FAPESP / UNICAMP, 2009.

_____________. Walter Benjamin ou a história aberta In: Obras Escolhidas – Magia e Técnica Arte e Política. São Paulo: Brasiliense, 1987.

LARROSA, Jorge. Notas Sobre a Experiência e o Saber da Experiência.

Revista Brasileira de Educação. N. 19. Jan./abril 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2176-9516

Fomento à pesquisa e apoio