Diversidade sexual e teatro no Brasil: desafios para a história do espetáculo

Alberto Ferreira da Rocha Junior

Resumo


Nosso objetivo é abordar de modo pontual um único aspecto da relação entre teatro no Brasil e diversidade sexual, o da tensão entre comicidade e seriedade, utilizando a montagem de Greta Garbo, quem diria, acabou no Irajá, de Fernando Melo, com seu primeiro espetáculo encenado em 1973. A referida tensão entre comicidade e seriedade será lida em relação a uma outra tensão: entre visibilidade e representação de homossexuais masculinos no teatro no Brasil durante os governos ilegítimos, resultantes do golpe civil-militar de 1964.

Palavras-chave


Teatro no Brasil. Diversidade sexual. Greta Garbo.

Texto completo:

PDF

Referências


FAUSTO, Boris. O crime do restaurante chinês: carnaval, futebol e justiça na São Paulo dos anos 30. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

FONTANA, Fabiana Siqueira. O que existe de permanente no reino do efêmero – os arquivos pessoais e o patrimônio documental do teatro. Revista Sala Preta, vol. 17, nº2, 2017. p.11-25.

MICHALSKI, Yan. Greta Garbo no inferno carioca. Jornal do Brasil, 10 jul. 1973. Caderno B, p.2.

MORAES, Marcílio Eira. Greta Garbo, o humor dos tipos oprimidos. In: Jornal do Commercio, 13 jul. 1973. Segundo Caderno, p. 3.

MORAES, Marcílio Eiras de. Foi uma noite louca: Greta Garbo estava lá. Jornal do Commercio, 21 jun. 1973, Primeiro caderno, p. 10.

RABETTI, Maria de Lourdes. Em busca da tradução teatral: o trabalho do historiador em meio a miudezas da cena e precariedades documentais. Revista Sala Preta, v.17, nº2, p. 49-71.

ROCHA JUNIOR, Alberto Ferreira da (Alberto Tibaji). Araci: teatro brasileiro, estudos queer e (auto)biografia. In: Pitágoras 500, Campinas/SP, nº10, p.55-68, 2016.

ROCHA JUNIOR, Alberto Ferreira da (Alberto Tibaji). Apontamentos e reflexões sobre as relações entre teatro no Brasil e diversidade sexual. In: O eixo e a roda, Belo Horizonte, v.26, nº2, p.277-300, 2017.

TIBAJI, Alberto (Alberto Ferreira da Rocha Junior). O objeto de pesquisa da história das artes do espetáculo: do efêmero ao disperso. CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS, 2, 2001, Salvador. Anais... Salvador: ABRACE (Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Artes Cênicas), 2002. v.1, p. 319-324.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2176-9516

Fomento à pesquisa e apoio