Cartografia performática na Amazônia: corpo, cultura e imagem na cena LGBTQI+ no interior do Pará

Heberton Santos Lobato

Resumo


O presente artigo, ancorado nos pressupostos da arte, tem como objetivo refletir, por meio dos registros imagéticos e vivências pessoais desse pesquisador-transformista, como a cultura da região amazônica é in(corpo)rada nas performances de dança dos sujeitos LGBTQI+ nas festas performáticas presentes na microrregião do Baixo Tocantins-PA. O estudo, fragmento de uma cartografia em processo de pesquisa, justifica-se tanto por somar com a atual discussão sobre (re)construções de sexo e gênero, quanto por repensar o próprio conceito de performance/performer a partir de um ambiente de resistência. Dessa forma, a partir de vivências no Concurso Chimoa Gay da cidade de Limoeiro do Ajuru/PA, traça-se algumas reflexões tentando fazer um exercício de escuta sensível que compreende a importância de estar aberto a todos os diálogos possíveis.


Palavras-chave


Cartografia performática. Amazônia. Concurso Chimoa gay.

Texto completo:

PDF

Referências


BOGO, Ademar. Identidade e luta de classes. 2.ed. São Paulo: Expressão Popular, 2010.

BRASIL. SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL. MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO. Perfil Territorial (Baixo Tocantins-A). Disponível em: http://sit.mda.gov.br/download/caderno/caderno_territorial_130_Baixo%20Tocantins%20-%20PA.pdf. Acesso em: 28 de junho de 2019.

BUTLER, Judith P. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Tradução de Renato Aguiar. 16ª edição. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2018.

LOUREIRO, João de Jesus Paes. Cultura amazônica - uma poética do imaginário. Escrituras Editora. SP,2001.

LOUREIRO, João de Jesus Paes. A questão cultural amazônica. In: Pará. Secretaria de Estado de Educação. Estudos e problemas amazônicos: história social e econômica e temas especiais. -2ª. Ed. – Belém, CEJUP, 1992.

MANESCHY, O. F.; MOKARZEL, M. O. Fora do centro, dentro da Amazônia fluxo de arte e lugares na estética da existência. Anais do Encontro Nacional da ANPAP (Cd-Rom), v. 1, p. 2049-2063, 2012.

PRADO FILHO, Kleber; TETI, Marcela Montalvão. A cartografia como método para as ciências humanas e sociais. Barbarói, Santa Cruz do Sul, n.38, p. <45-59>, jan./jun, 2013. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/255717536_A_Cartografia_como_metodo_para_as_ciencias_humanas_e_sociais. Acesso em: 28 de jun. de 2019.

PRECIADO, Paul B. (Beatriz), Manifesto contrassexual. Tradução Maria Paula Gurgel Ribeiro. – São Paulo: n-1 edições, 2017.

SCHECHNER, Richard. O que é performance? In: Revista O percevejo. Rio de Janeiro, UNIRIO, 2003.

SANTOS, Myrian Sepúlveda dos. Memória coletiva & teoria social. São Paulo: Annablume, 2003.

SUPORTE GEOGRÁFICO. Disponível em: https://suportegeografico77.blogspot.com/2018/04/mapas-mesorregioes-do-para.html. Acesso em: 09 dez. de 2018.

TADEU, Tomaz. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. 3. reimp. Belo Horizonte: Autêntica, 2011.

WIKIPEDIA. Limoeiro do Ajuru. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Limoeiro_do_Ajuru. Acesso em: 28 de jun. de 2019.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2176-9516

Apoio