Eu nasci pirata e vou morrer pirata: relatos de Francisco Noronha Moreira sobre suas experiências com as rádios livres sorocabanas Strick Som FM e Ocidental FM

Felipe Parra, Luciano Victor Barros Maluly

Resumo


As rádios livres são emissoras independentes administradas por amadores que assumem o papel de programadores, locutores ou DJ’s. Tal tendência adquiriu popularidade no município paulista de Sorocaba e, no começo da década de 1980, a cidade possuía mais de 40 rádios livres no ar. A importância dessa ação é descrita em livros, teses e dissertações. Contudo, ainda há muito o que se descobrir sobre essa temática, como a atuação desses realizadores e o posicionamento político dessas emissoras. Nesta entrevista, Francisco Noronha Moreira revela suas experiências quando era membro da Conexão Jovem, uma rede de radiodifusão composta pelas rádios livres sorocabanas Strick Som e Ocidental.

 

Palavras-chave: Rádio Strick Som. Rádio Ocidental. Rádios livres sorocabanas.


Texto completo:

PDF

Referências


COSTA, Mauro Sá Rego. Rádios Livres e rádios comunitárias no brasil. In: Revista Periferia, Rio de Janeiro, v. 2, n. 2, 2010, p.1-13. Disponível em: . Acesso em:14 abr. 2018.

LOPES, Maria Immacolata Vassallo de. O rádio dos pobres: comunicação de massa, ideologia e marginalidade social. São Paulo: Loyola, 1988.

MACHADO, Arlindo; MAGRI, Caio; MASAGÃO, Marcelo. Rádios livres: reforma agrária no ar. São Paulo: Brasiliense, 1986.

NUNES, Marisa Aparecida Meliani. Rádios livres. O outro lado da voz do Brasil. 1995. 87 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Comunicação) - Departamento de Jornalismo e Editoração da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, São Paulo, 1995.

TOMAZELA, José Maria. Pirataria conquista as ondas FM em Sorocaba. O Estado de S. Paulo, São Paulo, ano 112, n. 35.699, 29 jun. 1991. Interior, p. 27.

UM pirata nas ondas do ar. Veja Interior-SP. São Paulo, ano 24, n. 43, p. 5, out. 1991.

TORRES, César Augusto Bernal. Metodología de la investigación: para administración, economía, humanidades y ciencias sociales. Bogotá (Colômbia): Pearson Educación, 2006.

VILLELA, Lucas Braga Rangel. O teledocumentário Documento Especial como campo de memória na redemocratização. In: XXVIII Simpósio Nacional de História, 28. 2015, Florianópolis, SC. Anais... Florianópolis: UFSC, 2015. Disponível em: Acesso em: 30 abr. 2019.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Creative Commons

URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/

 

Revista Sonora - ISSN 1809-1652
Grupo de pesquisa Tecnologia, Mídia, Criação Sonora e Audiovisual 
Instituto de Artes
Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)