Apresentação

Ana Cavalcanti - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fernanda Pitta - Pinacoteca de São Paulo

Resumo


Com o objetivo de indagar a respeito das construções históricas da imagem do artista, trazendo a reflexão para o contexto brasileiro e latino-americano, propomos, neste dossiê para a revista Modos, o tema “o artista em representação”. Explorado na literatura artística de língua francesa e inglesa, esse objeto de pesquisa adquire pertinência especial nesse universo geográfico específico, marcado pelas distinções sociais relativas ao trabalho manual e à formação tardia do meio de arte no sentido moderno. Os modos como compreendemos essa figura na história da arte resultam dos discursos visuais e textuais construídos sobre ela. Suas representações estão presentes em retratos e autorretratos, esculturas, pinturas e gravuras. Ela também é construída através da crítica artística, na imprensa, na caricatura, em peças de literatura, em biografias ou autobiografias. Nosso ponto de partida foi a seguinte questão: de que modos as transformações da percepção sobre os artistas e suas significações (sociais, culturais, simbólicas e políticas) marcaram as escritas da história da arte? 


Palavras-chave


Representações de artistas; representações da história da arte; alegorias do ofício; vida dos artistas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24978/mod.v3i2.4213

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 MODOS

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Sem derivações 4.0 Internacional.